domingo, 29 de dezembro de 2013

Silvio Berlusconi, Itália 1982-2012 e a Mentira do Século

"Silvio Berlusconi, Itália 1982-2012 e a Mentira do Século" é un eBook de 214 páginas, (em venda por €99 aqui: http://mydgs.co/EeJvw2), destinado a elites da informação, política e justiça do futuro. 
Ao contrário do populismo da maioria da informação online defende esta teoria: O político mais trabalhador da Historia de Itália e talvez mesmo mundial, trabalhando cerca de 18 horas  quase todos os dias, passa para a opinião pública internacional como um depravado que passa o seu tempo em orgias de sexo com prostitutas. Quando Berlusconi, com 74 anos, tinha o melhor governo contra a máfia depois de Mussolini, foi destruído por uma banalidade: Ruby, Rubygate, bunga-bunga...
O populismo da informação e opinião pública destruiu o melhor político no melhor das suas faculdades e o melhor governo que conheci em Itália entre 1982 e 2012.
O melhor que conheci em Itália nos últimos 30 anos foi o voluntariado, simpatia da gente e muitos amigos. O pior que conheci em Itália foram as consequências da máfia, terrorismo, vandalismo, criminalidade, burocracias e ineficiência na função publica e justiça de leões contra cordeiros, (Berlusconi, Andreotti, Craxi, "Tangentopolis"), mas cordeiros contra leões, (ineficientes contra a pior criminalidade, terrorismo e perigosos mafiosos. Berlusconi teve o grande mérito de levar para a política e administração pública a sua inteligência, criatividade e eficiência. O pior obstáculo foi sempre a pior justiça com 5% de grande eficiência para as suas banalidades e 95% de processos em prescrição para piores mafiosos. Do melhor de Berlusconi não se fala porque não é popular. O pior de Itália é atribuido a Berlusconi, como o pior do passado da Alemanha é atribuído a Hitler. Esquecem que o livro de Hitler, escrito em 1924 na prisão, não tem grandes novidades suas, mas é sobretudo uma compilação das ideias mais populares daquele momento. Tornou-se a Biblia daquele tempo, como Grillo, Santoro, Travaglio e populistas anti-Berlusconi parecem a Biblia dos últimos tempos em Itália.
P.S. Razões do preço e pedido de colaboração 
O preço deste eBook justifica-se pelas seguintes razões:
1. Contém o melhor da minha experiência de 30 anos em Itália destinado a poucas elites da informação, cinema, política e justiça com interesse em conhecer não só o pior dos melhores como circula online na maioria de mais de 50 milhões de resultados para Berlusconi, Ruby, Rubygate, bunga-bunga...
2. Destina-se a elites que podem beneficiar do alto preço por terem uma informação exclusiva que lhe permitirá ganhar com a divulgação da sua seleção do melhor para o seu público e promoção entre elites do seu nível. Cada comprador pode selecionar 50% para a criação do seu PeBook, personalizado eBook, (100% da venda sem custos), mais 50% da venda do original e participação a um CeBook em condições a combinar.
3. Destina-se a financiar uma boa causa, melhor informação online, verdade mais inteligente em substituição da mentira mais populista, que poderá condicionar melhor política e justiça.
Gostaria de encontrar colaboração para uma versão coletiva, “CeBook”, com a colaboração de vários autores de PeBooks na continuidade deste e outros dos meus eBooks, para financiar uma editora virtual online que poderá chamar-se
EÉE=Ebooks, Ética, Educativos ou EÉE=Ebooks, Éticos, Educativos.
Gostaria de encontrar colaboração para obras de beneficência: VAS=Voluntários de Acção Social e AVI=Associação de Vítimas de Injustiças.
Este preço será justificado por verdades “proibidas”, perigosas de serem publicadas. O melhor amigo que tive em Itália disse-me: “Se queres escrever sobre a máfia não entras na minha casa. Mataram Walter Tobagi só porque escrevia contra a máfia e terrorismo. O assassino passou menos de 3 anos na prisão. Eu era amigo do pai e contou-me …”
Não continuo porque dois jornalistas italiano foram condenados a pagar €280.000 por difamarem um dos piores magistrados, autor de uma das piores injustiças da História italiana. Pode chamar-se porco mafioso a Berlusconi mas não se pode fazer sátira da mais ridícula injustiça…
Saviano, autor de “Gomorra”, o mais famoso livro contra a máfia italiana, vive com 4 polícias a protegê-lo, lamenta-se das dificuldades para encontrar apartamento onde viver, encontrar amigos ou vida normal de um escritor ou jornalista. “Quem fala morre” - disse Saviano. Ou vive como numa prisão toda a vida, sem liberdade para os prazeres mais elementares.
O elevado preço deste eBook reduz os perigos porque só elites o compram. As elites da informação terão o bom senso de selecionar o melhor para o seu público e reduzir as consequências das informações perigosas. O perigo compartilhado fica reduzido.
As elites das justiça podem beneficiar da minha criatividade e do exemplo de Berlusconi para inventarem uma justiça mais inteligente, honesta, eficiente, pragmática e com prioridades mais sociais daquela de 95% de processos em prescrição para piores mafiosos e 5% de grande eficiência ao serviço da máfia, terrorismo e pior criminalidade. Berlusconi chamou os melhores advogados da máfia e pior criminalidade, aquela que tem mais dinheiro das vítimas, para a política mais eficiente contra os piores. A justiça futura deve aprender com as hierarquias mais eficientes de Berlusconi na economia e política. A prioridade para uma melhor justiça futura será mais ganho, mais benefícios, proteção e maior prémio dos melhores e punição dos piores, ao contrário do que observei muitas vezes na justiça italiana: melhor carreira e benefícios para os piores, morte ou vida blindada para os melhores.
Ao comprar: "Silvio Berlusconi, Itália 1982-2012 e a Mentira do Século", (em venda por €99: http://mydgs.co/EeJvw2), pode reproduzir até 50% em artigos, blogs, sites ou criar o seu "PeBook" com 100% de ganho sem custos.   

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Américo Rodrigues, guerra, elites, criatividade e inteligência coletiva para o futuro

Quando estudei História tive a impressão de que as guerras eram o mais importante do passado. Pareceu-me que quase todas as fronteiras se tinham feito com guerras em que tinha vencido o mais forte. Como o mais forte era quase sempre o mais evoluído AS GUERRAS FAZIAM PARTE DA EVOLUÇÃO.
Quando comecei a frequentar Internet e vi a possibilidade de todos exprimirem as suas opiniões gratuitamente, imaginei que as guerras militares seriam substituídas por guerras de opinião em que os eleitores votariam os melhores políticos e os melhores políticos resolviam os problemas com diplomacia, criatividade e inteligência em vez das batalhas com muitos mortos e a vitória do mais forte.
As minhas fantasias ainda não funcionaram mas talvez contribuam para mais diplomacia global internacional da ONU ou uma NEO-ONU em vez das guerras que acabam quase sempre por ser pagas em parte pelos contribuintes e eleitores de todo o mundo.
No eBook que acabei de publicar, (1), apresento algumas ideias sobre o valor do tempo na vida de cada um, na informação, política e justiça: na informação a mentira e o mais estúpido populismo tem muitas vezes prioridade sobre a verdade mais inteligente e socialmente útil. A democracia com o voto popular é o melhor sistema político conhecido atualmente. Mas muitas vezes na pior política vence o mais corrupto com a melhor campanha publicitária paga com dinheiro dos contribuintes ou corruptores. Outras vezes vence o mais populista e menos inteligente. Para uma NEO-Democracia ideal certo populismo não pode ter a prioridade sobre o mais inteligente e socialmente útil. A corrupção da informação pode ser o pior perigo para a corrupção política. O tempo das guerras na informação pode faltar para inventar um futuro melhor. O ideal seria se as elites ocupassem o seu tempo e dinheiro dos contribuintes a inventar um futuro melhor, se a informação premiasse os melhores e eleitores bem informados votassem os melhores.
Américo Rodrigues é um artista. A primeira qualidade ou talento de quase todos os artistas é a criatividade. Américo Rodrigues faz parte das elites da Guarda em criatividade e inteligência, (114 000 resultados  Google de hoje para "Américo Rodrigues"). Ao ver online uma guerra contra outra elite que desconheço, (5 820 resultados para "Alvaro Amaro"), imaginei que se está a consumir tempo, energias e possivelmente dinheiro dos contribuintes numa guerra de elites. Esta guerra não poderá ser substituída por diplomacia? Não será melhor um diálogo face a face em vez da lavagem da roupa suja online? Américo Rodrigues e elites com mais criatividade e inteligência não fariam melhor a ocupar o tempo para o um futuro melhor da Guarda e deixar à informação, opinião pública e eleitores premiar os melhores?
(1)        Publiquei um eBook com as minhas ideias mais importantes para o futuro de cada pessoa, para o futuro de Internet, novas tecnologias, informação, política e justiça: "Tempo é Vida, Saúde, Dinheiro, Amor, Felicidade, Inteligência, Criatividade, Memória, ...” €7: http://mydgs.co/isvx4h ).
P.S. Fantasias para elites mais pragmáticas, inteligentes e eficientes:

Imagino um filmeNEO-filme, NEO-vídeo ou um peBook que começa com a foto mais famosa do fotógrafo que se suicidou: o abutre à espera da morte de uma criança para a comer, um aspirante a NEO-Jornalista que sonha tornar o mundo mais convivencial, NEO-Fotógrafo com uma missão NEO-Surrealista, NEO-Agricultor que pretende cultivar batatas nos jardins, destruir florestas para salvar mortos de fome, ... termina suicidando-se porque não suporta ser um morto de fome que não consegue fazer nada para salvar milhões de crianças de morrerem de fome, … Pode ser uma paródia ao livro “E Se Eu Gostasse Muito de Morrer" de Rui Cardoso Martins, PiresPortugal, FFF=fantasias, ,filme NSF=NEO-SURREALISMO-futuroRRR=recicloreutilizo e renovorevolução.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

FOL=Futuro-On-Line: Ganhar online com Blog, infoprodutos, ebook, PeBooks, CeBooks, Blogs, cBlogs?

Tenho a minha filosofia do melhor FOL=Futuro-On-Line: prioridade ao mais importante no título e início de cada artigo. Quase sempre uso tags nos títulos por ordem de prioridade e começo com o mais importante. Quem não está muito interessado no argumento só lê o título e início sem perder mais tempo com o que não lhe interessa no momento.
Usei muitas abreviaturas de 3 letras, símbolos ou números para os argumentos mais importantes já tratados ou a tratar em eBooks, sites, fóruns e/ou blogs. Em 2016 passei a usar abreviaturas de 7 símbolos, 3&3, para dois dos argumentos prioritários que tanto podem estar na continuidade ou oposto, sempre com alguma relação de causa ou consequência. As minhas abreviaturas correspondem a argumentos de particular interesse para futura evolução com a colaboração da criatividade e inteligência coletiva de quem está interessado no argumento.
Para um melhor FOL=Futuro-On-Line a melhor publicidade deve ser a oferta do melhor gratuito para a maioria com a continuação a pagamento para interesses específicos. Para isso tenho algumas certezas e muitas dúvidas. Tenho a certeza de que com a colaboração da criatividade e inteligência coletiva online pode resultar melhor qualidade, mas tenho muitas dúvidas:
Criar diferentes nomes e blogs para cada argumento? Sou PiresPortugal para a maioria da minha produção online mas Neo-Machiavelli quando escrevo em italiano e Neoleonardo quando escrevo sobre arte, NeoSurrealismo, (Neo-Surrealismo, NÉOsurrealismo, NÉO-Surrealismo), criatividade e inteligência coletiva? O meu nome de SERIP deve aparecer só quando trato da minha profissão de artista de ilusionismo para não roubar tempo a quem não está interessado na minha atividade mágica? O futuro estará em blogs coletivos com interessados em diferentes argumentos muito específicos? Cada blog poderá ter uma missão de utilidade social global financiada com infoprodutos éticos?
Criei muitos blogs só com a missão de divulgar as minhas ideias para um mundo melhor. Mas só posso continuar a dedicar tempo e dinheiro se ganhar de alguma forma ou conseguir a reforma de velhice. Comecei com ebooks e a proposta de originarem diferentes PeBooks, personalizados e-books com a reprodução de 50% do original e tenho intenção de criar CeBooks, coletivos e-books, fóruns e grupos. Tudo isto pode proporcionar qualidade, seleção, promoção e evolução das melhores ideias para um futuro melhor?

Uma ética de standard universal pode ser um dos melhores meios de contribuir para maior utilidade social global de Internet e novas tecnologias atuais ou futuras. Ganhar online a produzir benefícios sociais globais estimula a criatividade e inteligência coletiva para inventar um futuro melhor. Proponho uma forma de ganhar online a inventar, selecionar e promover as melhores ideias para um futuro melhor: cada leitor pode tornar-se autor e ganhar a selecionar, inventar ou divulgar as melhores ideias.
Ao comprar um eBook dos meus pode criar o seu "PeBook", personalizado eBook, com 50% do original mais eventuais comentários ao melhor e pior em sua opinião, vendê-lo online sem custos e ganhando 95% do preço de venda ou 100% se tiver a sua loja de venda online. É uma forma experimental de ganhar online promovendo ética e utilidade social global.

domingo, 20 de outubro de 2013

Sexo, ladrões, escândalos, moral tradicional e NMO=NEO-Moral-OnLine

Os escândalos da moral puritana vitoriana made in UK, USA, Itália, … parecem-me banalidades em comparação com o escândalo de certa moral maquiavélica que não escandaliza quase ninguém, (1).
Contra certa moral maquiavélica no seu pior atual online eu proponho uma MNM=Moral-NEO-Maquiavélica: certos fins justificam certos meios, utilidade social global pode justificar ilegalidades, quando a aplicação de certas leis a certos casos causa injustiças imorais evidentes ao mais elentar bom senso de justiça.
O mais famoso escândalo sexual da Rússia de que tenho notícia foi o de "Catarina a Grande" que teve muitos amantes mais jovens... Uma banalidade quando eram os homens que tinham muitas amantes...
O mais famoso “escândalo” da era vitoriana de que tenho conhecimento foi o casamento, por amor, de um príncepe herdeiro britanico com uma americana divorsiada 2 vezes. Para mi o escândalo está mais no facto de causar tanto escândalo…
O mais famoso escândalo sexual americano de que tenho notícia, não foi o de Kennedy que dormia cada noite com uma amante diferente mas de Clinton que quando a mulher e filha se divertiam a visitar a China ele divertiu-se, (uma vez?) com Monica Lewinsky. Para mi foi mais escandaloso o facto de esta notícia se tornar a mais famosa do ano, (ou vários anos?) em todo o mundo, ocupando tempo e dinheiro dos contribuintes que poderia evitar o ataque terrorista do 11 de Setembro 2001 e duas guerras…
O mais famoso escândo sexual da história italiana de que tenho conhecimento foi o de Berlusconi e Ruby. Para mim foi muito mais escandaloso como usaram dinheiro dos contribuintes para uma banalidade se tornar um serviço à máfia.
A justiça de Mao condenava à morte por roubar um pedaço de pão para matar a fome. Esta verdade não é popular.
A justiça de Stalin condenava a 5 anos de trabalhos forçados por roubar para não morrer de fome. Certa “civilidade mafiosa” prefere salvar um mafioso com dinheiro que podia salvar milhares de crianças a morrer de fome.
A justiça dos ciganos é muito severa se um cigano rouba outro cigano mas tolerante se rouba os “bárbaros”, os que não são ciganos.
Um “pequeno” magistrado da mais deficiente justiça que conheci, disse em TV que quem não paga impostos é um ladrão. Imagino que este “pequeno” magistrado, pequeno em bom senso de justiça não se considera ladrão por dar prioridade a 5% de processos que lhe deram dinheiro "legal" mas em minha opinião injusto e imoral porque penalizou com multas por difamação quem o criticou, deu prioridade a processos que lhe davam dinheiro, enquanto 95% dos processos aos piores mafiosos, criminosos e terroristas andavam em prescrição. Se não fosse tão “pequeno” em conhecimento da realidade sabia que em certos ramos da economia nenhum empresa paga todos os impostos. Imagino que em muitos destes “ladrões” há mais bom senso de justiça e roubam menos imoralmente aos contribuintes de certos magistrados.
Em certos regimes islâmicos existem punições para os ladrões que parecem incivis para certas “civilidades”. Mas a sensação de segurança nestes regimes parece muito superior a certas países considerados mais “civis”.
Nos regimes comunistas do final do século passado onde vivi não conheci nenhum caso de ladrões de carros, bicicletas ou assaltos a casas. Só tenho notícia dos roubos frequentes na DDR, (Alemanha Oriental comunista), nos arredores dos quartéis dos russos. Parece que assaltavam com frequência as vivendas dos arredores e roubabam tudo para mandarem para a Rússia.
Com o fim das fronteiras com alguns regimes comunistas começaram os roubos em grande escala, de bandas profissionais internacionais dos ex-comunistas. Segundo uma TV Alemã, (131019), a Ucrânia é o país mais corrupto da Europa, paraiso dos ladrões que roubam carros e bicicletas da Alemanha. Numa cidade alemã de fronteira roubaram 400 bicicletas, milhares de vezes mais carros roubados junto das fronteiras com ex-comunistas do que lonje.
Nos tempos atuais e futuros existe o roubo de um bem mais precioso que a velha justiça desconhece: o roubo do tempo com Internet e novas tecnologias para fins imorais e anti-sociais, indução à "prostituição moral mental" online dos gostos, cultura, arte, sentimentos e emoções. Para mim existem “crimes” legais online com piores consequências sociais dos escândalos do puritanismo vitoriano, da civilidade mafiosa, dos “pequenos” magistrados da mais deficiente justiça, …
Para saber mais e contribuir à história futura, ator pacífico da RNM=Revolução-NEO-Marxista deixe um comentário.

Se alguém quiser colaborar para ganhar dinheiro online com ética e utilidade social global podem começar a deixar um comentário, possibilidade de contacto ou mandar-me um email para piresportugalathotmail.com, (substituir at por @). Procuro cooperação de autores, tradutores e voluntários para versões atualizadas dos meus ebooks, seleção e correção das melhores ideias para criar "NEOeBooks", (em contínua evolução ética para mais utilidade social global), "PeBooks" (ebooks personalizados criados com 50% do meu melhor e ganhar 100% das vendas), CeBooks" (coletivo com ebooks as melhores idéias dos melhores autores para um mundo melhor), tradução em várias línguas dos meus ebooks em Português e Italiano ganhando 100% das vendas em certas condições, (citações e links para a compra dos originais, não perder os direitos de autor para certas formas de comercialização).
Tenho ebooks em português e italiano, (imperfeito). Creio que tenho mensagens importantes para o futuro mundial, misturadas com outras discutíveis e outras que não passam castelos no ar, delírio ou fantasias de um artista com 16 prémios internacionais mas deficiente em muitas actividades, muito longe da realidade prática em vários argumentos que só conhece parcialmente. Desejo publicá-los com uma fórmula de premiar os tradutores e co-autores de várias versões em várias línguas, melhor traduzidas do meu conhecimento parcial de italiano, inglês, francês, alemão e espanhol. Existia uma plataforma de publicação que me parecia ideal para o meu projecto, com 95% das vendas para os autores, sem custos e com a melhor facilidade que conheço de criar afiliados em segundos ou poucos minutos: http://www.digitalgoodsstore.com/affiliate-signup/MkCM6t.
Mas esta plataforma agora só publica em Inglês e só por especial favor os meus ebooks ainda continuam em venda por pouco tempo. Procuro autores, tradutores, empresários online, técnicos e peritos de Internet e novas tecnologias para uma cooperativa internacional com a criatividade e inteligência colectiva a colaborar para um futuro melhor com o desenvolvimento de estes ou outros projectos:
1. Criar uma cooperativa de autores e/ou empresários online, “ong”, voluntários e profissionais a cooperar numa plataforma ou estrutura comercial de publicações digitais em várias línguas com um sistema fácil de criar links de afiliados que ganham uma percentagem pela divulgação.
2. Fórmula de publicações digitais colectivas com ganhos proporcionais aos méritos das contribuições com traduções, selecção do melhor e crítica ou exclusão do pior.
3. Eu teria muito gosto em colaborar com os melhores autores, empresários de novas tecnologias, tecnicos e peritos de Internet para este ou outros projectos com fácil sistema de premiar os melhores em ética, honestidade e utilidade social global de Internet e novas tecnologias actuais e futuras. 
Mais: procure con Google: Neo-ética, Neo-deontologia, Neo-moralidade, Neo-filosofia, Neo-psicologia, Neo-biologia, PiresPortugal, jiimm, imm, “Pires Portugal”,  universal, global, dialectos,
 repetir a pesquisa incluindo os resultados omitidos
Por pouco tempo ainda pode ganhar 50% da venda dos ebooks divulgados através de um fácil e simples link de afiliado criado (em menos de um minuto?) aqui: http://www.digitalgoodsstore.com/affiliate-signup/MkCM6t .